Os 10 melhores nocautes da história do UFC

Os 10 melhores nocautes da história do UFC

Knockouts são uma parte muito comum das artes marciais mistas, mas alguns são muito mais espetaculares do que outros. Ao longo da história do UFC, vimos alguns que causaram grandes transtornos, enquanto outros foram incríveis de assistir.

É por isso que pensamos que seria divertido olhar para os 10 melhores nocautes da história do UFC. Levamos em consideração não apenas sua aparência, mas outros fatores, como o valor do choque e o tamanho da luta.

Temos certeza de que você vai adorar nossa lista, então sente-se e aproveite alguns dos melhores nocautes de todos os tempos. Vamos lá!



1. Conor McGregor x Jose Aldo (UFC 194)

Essa foi uma das lutas mais badaladas de todos os tempos. Foi visto como uma disputa entre o poder animalista bruto de McGregor e o expoente do MMA tecnicamente perfeito e de classe mundial Jose Aldo.

Muitos pensaram que o trem da campanha publicitária de McGregor estava prestes a descarrilar. Em vez disso, ele foi para a estratosfera. McGregor mostrou que era capaz de fazer a caminhada, assim como falar por falar.

Mesmo os maiores fãs de McGregor não teriam previsto o que aconteceu, especialmente em uma divisão que não é conhecida por seus nocautes espetaculares. A maioria pensava que seria uma luta acirrada, mas o irlandês teria outras idéias.

Depois de apenas 13 segundos, a luta tão esperada acabou quando McGregor pousou sua mão esquerda infame no queixo de Aldo. As pessoas estavam esperando uma luta épica, mas ao invés disso, assistiram a um nocaute impressionante.Não foi o nocaute mais espetacular da história do UFC, mas dada a magnitude da luta e o tempo no relógio, foi um dos maiores.

2. Jorge Masvidal x Ben Askren (UFC 239)

Este nocaute não é apenas épico pela maneira como aconteceu, mas também pela história por trás dele. Masvidal foi para a luta com raiva, como na luta anterior de Askren, ele venceu uma decisão polêmica de paralisação, onde o árbitro pensou que seu oponente Robbie Lawler estava inconsciente quando ele não estava.

Lawler afirmou que nunca aproveitou e o regozijo de Askren com o resultado irritou Masvidal. Ele teria sua doce vingança quando os dois lutassem, em um dos nocautes mais rápidos da história dos esportes de combate.

Pouco antes da luta, Masvidal descansou ameaçadoramente contra a gaiola com as mãos atrás das costas, sorrindo para Askren. Foi como aquele momento em um filme de Hollywood onde você sabe que o herói está prestes a derrubar todo mundo.

A campainha tocou e Masvidal investiu contra Askren. Sabendo que seu oponente tentaria agarrar-se imediatamente, Masvidal saltou sobre ele, acertando uma joelhada na cabeça de seu oponente. Ele desmaiou instantaneamente.

Masvidal deu dois socos antes que o árbitro tivesse tempo de se mexer e interromper a disputa. Depois que ele fez, Masvidal bateu no rosto do inconsciente Askren como retribuição por sua paralisação contra Lawler.

3. Dan Henderson x Michael Bisping (UFC 100)

Como McGregor mostrou, muitas vezes o locutor do lixo é capaz de apoiar suas palavras com ações. Há outros momentos em que o locutor do lixo é adormecido pelo seu oponente e é exatamente o que aconteceu aqui.

Quer você ame ou odeie Bisping, não há dúvida de que ele é um dos melhores trash talkers de todos os tempos no UFC. Henderson era o oposto e não aceitou muitas das farpas de Bisping.

O que Henderson fez foi deixar seu talento falar. Indo para o segundo turno, a luta estava equilibrada. Henderson então acertou um dos socos mais limpos já vistos no octógono.

Bisping desmaiou no momento em que pousou e a luta terminou. Seu corpo ficou rígido quando ele atingiu a tela, mas Henderson foi capaz de desferir um grande soco antes que o árbitro pudesse detê-lo.

4. Yair Rodriguez x Chan Sung Jung (UFC Fight Night)

Vimos com McGregor e Henderson que os nocautes podem ser memoráveis ​​porque acontecem muito cedo nas lutas. Neste concurso, Rodriquez mostrou como eles podem ser dramáticos no final da luta.

Sua luta de 5 rounds contra o Korean Zombie já havia sido uma batalha épica antes de ele acertar o nocaute. Passando para os segundos finais, supôs-se que Chan Sung Jung seria o vencedor por pontos.Ele deve ter tido suas dúvidas, pois com apenas alguns segundos no relógio, ele atacou Rodriguez para tentar acertar o golpe final.

Rodriguez esquivou-se da tentativa de gancho e, enquanto estava agachado, enfiou o cotovelo direto na mandíbula de seu oponente. O Zumbi Coreano caiu no chão e foi uma das lutas mais dramáticas de todos os tempos.

5. Joaquin Buckley x Impa Kasanganay (UFC Fight Night)

Alguns nocautes estão nesta lista por causa de sua magnitude e outros por causa das circunstâncias. Isso torna a lista um dos nocautes mais tecnicamente perfeitos e brutais de todos os tempos.

A luta foi bastante equilibrada quando Buckley tentou acertar um chute no corpo do oponente. Impa bloqueou e agarrou sua perna esquerda, o que normalmente seria uma posição vulnerável para o oponente.

Em vez disso, Buckley aproveitou a situação. Ele usou a alavanca de sua perna esquerda para girar e acertar um chute brutal direto no rosto de Impa. Replays em câmera lenta mostraram seus olhos rolando para a parte de trás de sua cabeça no momento em que pousou.

Buckley nem mesmo verificou se precisava terminar a luta com socos, ele sabia que estava acabado e foi embora. Era o tipo de chute giratório que a maioria dos lutadores só sonha em pousar.

Veja mais sobre - Os 10 maiores lutadores do UFC de todos os tempos

6. Edson Barboza x Terry Etim (UFC 142)

Acabamos de falar sobre um chute giratório ridiculamente bom, então que tal outro? Barboza era conhecido por seu jogo de chute com seus chutes baixos, especialmente sendo algo que seus oponentes deveriam estar atentos.

Contra Etim, no entanto, ele deu um chute alto devastador. Ao contrário do de Buckley, que foi mais um chute para trás, Barboza deu um chute de roda clássico que é muito raro no UFC.

O tiro não poderia ter acertado mais perfeito com o calcanhar. Como quando a maioria dos chutes atinge o nível da cabeça, Etim apagou instantaneamente e caiu como uma árvore cortada na floresta.Tal como aconteceu com Buckley, Barboza foi embora assim que conectou, sabendo que a luta estava encerrada. Acertar um chute giratório como aquele deve ser um zumbido.

7. Anderson Silva x Vitor Belfort (UFC 126)

Acabamos de ver dois chutes giratórios brilhantes, mas este é um nocaute brutal desferido com um chute frontal. Silva estava na melhor forma de sua vida e indo para a luta venceu 13 disputas consecutivas.

Seu adversário era o Vitor Belfort, que era companheiro de treinos de longa data e os dois se conheciam muito bem. O primeiro assalto foi bastante equilibrado e Silva quase foi derrubado após um chute errado.Faltando pouco menos de dois minutos para o fim, Silva tentou outro chute, mas desta vez acertou totalmente.

O árbitro deveria ter chamado instantaneamente quando Silva quase relutantemente acertou mais alguns socos.Devido ao respeito mútuo entre os dois, Silva rapidamente foi até Belfort e se certificou de que ele estava bem.

8. Chris Weidman x Anderson Silva (UFC 162)

Esse é mais um grande nocaute do Anderson Silva, mas dessa vez ele saiu do lado errado. Já mencionamos seu reinado imenso e na época em que lutou contra Weidman, sua seqüência estendida para 17 vitórias, sendo 16 no UFC.Devido a essa sequência de loucos, ele era o favorito e parecia imbatível. Como acontece com o UFC, porém, muita coisa pode mudar muito rapidamente.

Talvez o motivo da perda tenha sido complacência. Silva foi exibicionista durante toda a competição e claramente pensou muito pouco em seu oponente. No segundo assalto, ele estava com as mãos abaixadas ao lado do corpo, balançando-se contra os socos.Parecia ótimo até que sua sorte acabou. Weidman o pegou com um tiro e rapidamente terminou o trabalho. Foi um grande choque e o fim do domínio de Silva.

9. Gabriel Gonzaga x Mirko Cro Cop (UFC70)

Este foi mais um nocaute chocante em 2007 por Gabriel Gonzaga. Muitos fãs achavam que Cro Cop iria vencer este e então armar uma luta pelo título contra Randy Couture.

Gonzaga não iria apenas permitir que tudo fosse para o roteiro sem lutar. Enquanto ele estava se segurando, foi Cro Cop quem teve o melhor início de luta e parecia o provável vencedor.

Isso foi até que, do nada, Gonzaga acertou um chute brutal que achatou Cro Cop. Suas pernas dobraram por baixo dele, mas Gonzaga conseguiu acertar três socos no chão antes que o árbitro mergulhasse.Os dois lutariam novamente oito anos depois, mas desta vez seria Mirko Cro Cop vencendo por nocaute, mas não de forma tão dramática.

10. Chuck Liddell x Randy Couture (UFC 52)

Poderíamos facilmente ter escolhido outra luta de Liddell nesta lista. Ele foi nocauteado de forma memorável por Rashad Evans no UFC 88. Nessa luta, Liddell foi colocado para dormir pela mão direita perfeita.Para esta lista, no entanto, vamos para uma luta em que foi ele quem aplicou a punição. Essa foi a segunda luta deles e na primeira foi Couture quem deu um nocaute bastante regular.

No UFC 52, Liddell se vingaria. Após algumas trocas, Couture tentou responder pressionando Liddell. O ‘Homem de Gelo’ respondeu acertando um golpe perfeito direto em sua mandíbula com o pé de trás.Ele se sagrou campeão dos pesados ​​e defenderia o cinturão um ano depois, quando lutou pela terceira vez com Couture. O resultado seria o mesmo com Liddell vencendo mais uma vez por nocaute.

Veja mais sobre - As 10 melhores lutas do UFC de todos os tempos

fantasias de halloween mais fáceis para rapazes