Mocassins vs. Oxfords: tudo o que você precisa saber

Mocassins vs. Oxfords: tudo o que você precisa saber

Quando os homens pensam em sapatos sociais, Oxfords tendem a vir à mente. Eles são clássicos e elegantes, definidos principalmente por seu sistema de atacadores fechados que adiciona um toque muito sofisticado. No entanto, um tipo de sapato semelhante e muito mais casual são os mocassins. Embora pareçam semelhantes, os mocassins e os Oxfords são sapatos muito distintos e diferentes que servem a dois propósitos diferentes.

Um sapato é feito basicamente para eventos formais, enquanto o outro é feito principalmente para uso casual. Tão casuais, na verdade, que algumas pessoas optam por usá-los como sapatos de casa ou chinelos. Para evitar contratempos constrangedores ou confusão, é importante saber a diferença entre essas duas opções de calçados e quando e onde usá-los.

Para ajudá-lo a aprender tudo melhor, você precisa saber para que possa ter a melhor aparência, seja em casa ou em um evento formal, aqui está nosso guia completo sobre mocassins e oxfords.



Principais diferenças entre os dois

Masculino, calçado, moda., Variedade, de, masculino, sapatos, em, prateleira, em

Uma das maiores diferenças entre mocassins e Oxfords pode ser encontrada em seus laços. Como afirmado antes, Oxfords são mais famosos por seu sistema de cadarço fechado que lhes dá uma sensação muito sofisticada. Isso significa que os furos do cadarço são costurados embaixo da aba, que é a parte frontal do sapato.

Essa característica exata é o que os diferencia de todos os outros sapatos sociais. Por exemplo, os sapatos sociais Monkstrap não têm atacadores e, em vez disso, apresentam uma alça, enquanto os sapatos sociais Derby têm um sistema de cadarço aberto em vez de fechado. Basicamente, esse sistema de laços tornou o Oxford tão icônico quanto é, devido à sua aparência muito sofisticada e majestosa.

Os mocassins, por outro lado, não têm atacadores. Os mocassins são famosos por seu design deslizante, tornando-os fáceis e convenientes de calçar e significando que não há motivo para cadarços. Embora isso signifique que os mocassins sejam talvez tão confortáveis ​​quanto um sapato, é extremamente importante garantir que você sempre adquira o tamanho correto ao comprar um par, pois você não terá a opção de apertar os sapatos com cadarços, se necessário ser.

Outra diferença fundamental entre os sapatos está na costura do calçado. Como os mocassins foram originalmente inspirados nos mocassins, não é surpresa que os mocassins sejam vistos como um tipo de calçado mais casual. Além disso, a costura costurada na parte superior de ambos os sapatos é outra semelhança distinta que se destaca.

No entanto, a sola separada dos mocassins permite que pareçam um pouco mais sofisticados do que um par de mocassins ou chinelos. Os Oxfords, por outro lado, podem ter uma grande variedade de costuras, embora estejam muito longe de se parecerem com mocassins. De pescoços de ganso a gorros, ou mesmo sem costura, Oxfords tendem a ter um pouco de variedade no departamento de costura.

Quando você deve usá-los?

Quando-você-deve-usar-mocassins e Oxfords

Tinxi / Shutterstock.com

Como mencionado antes, os oxfords são muito mais formais do que os mocassins. Se você está procurando por um calçado mais descontraído, casual e simples, um par de Oxfords provavelmente pareceria um pouco exagerado, enquanto um par de mocassins pode fornecer a você bastante conforto e estilo discreto. Além disso, se você estiver procurando por algo um pouco mais exclusivo e nítido do que sapatos de barco ou tênis, os mocassins são uma ótima opção.

Quando se trata de um evento semi-casual, Oxfords ainda pode ser um pouco formal demais, enquanto os mocassins costumam ser vistos como ideais. Por serem um pouco mais formais do que sandálias ou tênis, os mocassins devem ser sua opção preferida quando se trata de semi-formais, enquanto os Oxfords são melhores deixados para eventos e ocasiões muito mais sofisticados.

Veja mais sobre - Calças x calças: tudo o que você precisa saber