Poplin vs. Twill: tudo o que você precisa saber

Poplin vs. Twill: tudo o que você precisa saber

Em relação à moda masculina, as camisas sociais mais formais tendem a ser feitas de materiais como algodão, lã, seda ou linho. Para construir essas camisas sociais de alta qualidade de uma maneira confortável, durável e elegante, a maneira específica como o tecido da camisa é tecido é um fator chave importante.

Dois dos tecidos para camisas sociais mais populares são a popelina e a sarja. Esses tecidos, embora bastante semelhantes em alguns aspectos, têm diferenças grandes o suficiente entre os dois que fazem com que valha a pena conhecer a distinção. Esteja você tentando determinar qual tecido é mais adequado para um evento específico, ou você simplesmente precisa saber qual tecido o manterá mais fresco em um dia quente ao ar livre, este guia abrangente vai lhe ensinar tudo o que você precisa saber sobre popelina e sarja .

Tecido Popeline

Tecido Popelina



A popelina, às vezes também chamada de tabinete, é um tecido delicado e fino, porém denso, com uma urdidura horizontal e uma trama vertical. A popelina é geralmente feita de algodão, lã ou seda. É conhecido por ser bastante forte devido à técnica de tecelagem e normalmente recebe uma superfície com fio devido às nervuras finas e horizontais que percorrem o tecido.

A técnica de tecelagem da popelina tende a resultar em um toque e conforto nítidos, porém brilhantes, tornando-a uma ótima opção para os homens camisas sociais . Além disso, a popelina também é usada em roupas esportivas, capas de chuva e vestidos femininos. Este material fresco e fresco também é bastante respirável e leve devido à sua natureza orgânica, o que significa que você não superaquecerá ou se sentirá preso como em alguns outros tecidos.

Como a popelina usa duas espessuras diferentes para a urdidura e a trama, a trama estreita e as nervuras horizontais tênues são o que dão à popelina sua aparência e textura adoradas. Em relação à sua história, a popelina pode ser rastreada até a França do século 15, na cidade de Avignon. Chamava-se originalmente papelino e, devido ao fato de que, naquela época, o papa havia feito sua casa em Avignon, esse tecido tinha como objetivo homenagear o próprio papa.

Um pouco mais longe no futuro, a popelina foi usada como o tecido principal para os militares britânicos e americanos na Segunda Guerra Mundial. Isso foi decidido devido ao fato de que a popelina tinha a capacidade de resistir às provações e às lágrimas da batalha, ao mesmo tempo que mantinha os soldados frios.

Este tecido incrivelmente durável é resistente a tudo, desde um rasgo a uma mancha, ao mesmo tempo que permanece macio ao toque. Além disso, a trama justa da popelina permite que o tecido caia perfeitamente sobre a pele, tornando-o um tecido muito adequado para qualquer tipo de corpo. Embora seja muito respirável e leve, a popelina também pode ser feita para ser um pouco mais quente nos meses mais frios usando fios de seda e lã em vez de algodão. No entanto, normalmente não é o tecido que é escolhido para desenhar roupas de inverno.

Tecido Sarja

Tecido de sarja

A sarja é um tecido grosso no qual os fios são colocados bem juntos, resultando em um material muito resistente que pode ser usado em jeans, calças e jaquetas. Tecidos e padrões bem conhecidos, como dente de hound, espinha de peixe, gabardine e jeans são todos formas de sarja. A trama da sarja é mais facilmente caracterizada pelas linhas diagonais que a atravessam.

Essas linhas diagonais são criadas por um deslocamento nos fios de urdidura. Além de ser bastante espessa e durável, a textura e trama da sarja dificultam a penetração de manchas no tecido, tornando a sarja uma verdadeira vencedora para quem deseja evitar qualquer tipo de contratempo embaraçoso com bebida em um evento mais formal.

A sarja é conhecida por ser uma das técnicas de tecelagem mais antigas. Pedaços do popular tecido em espinha de peixe foram descobertos na Irlanda, datando de 600 aC. Além disso, outros artefatos antigos de tecidos em espinha de peixe foram encontrados da mesma forma na Itália, Áustria e até na China, provando que a história da sarja se estende além das fronteiras da Europa.

Antigamente, a sarja era mais utilizada pela sua funcionalidade devido à durabilidade e espessura do tecido. Era visto como o material perfeito para tarefas e funções relacionadas ao trabalho e foi projetado principalmente para roupas que precisavam resistir ao uso pesado.

Porém, nos tempos modernos, a sarja é vista como um material elegante que tem a opção até de ser considerada formal, provando que a sarja vai além da versatilidade ou mesmo do tecido renascentista. De uma jaqueta quadriculada até seus jeans jeans favoritos, a sarja fez seu nome como um componente chave na moda.

Veja mais sobre - Flanela x xadrez: tudo o que você precisa saber

Diferenças entre os dois

Diferença-entre-popelina-e-sarja

Especificamente em relação às camisas sociais, tanto a popelina quanto a sarja são opções maravilhosas. Esses tecidos são duráveis ​​o suficiente para resistir a muitos usos, e a aparência de ambos os tecidos pode se encaixar em um ambiente formal ou comercial.

No entanto, se você precisa de uma camisa social que o mantenha fresco e confortável no calor, a popelina é a melhor opção, pois o material é mais respirável e leve do que a sarja. As camisas de popeline também combinam particularmente bem com ternos para ocasiões mais formais devido ao seu design e ao fato de que os ternos formais são consideravelmente mais pesados ​​do que os mais casuais, o que significa que uma camisa social mais leve será mais desejada.

Por sua vez, a sarja é uma ótima opção para quando você precisa de algo mais quente ou mais resistente. É muito mais espesso e menos respirável do que a popelina, proporcionando camadas extras quando necessário. Além disso, o padrão diagonal natural que atravessa a camisa combina perfeitamente com um padrão sutil ou discreto em uma camisa social, dando à sua roupa um toque extra em ocasiões mais formais. Como afirmado antes, a sarja também pode ser usada em qualquer coisa, de jeans a jaquetas e calças sociais mais formais.

Esses tecidos semelhantes, porém diferentes, são essenciais para o armário de qualquer homem, e ter algumas opções de ambos para vários eventos e condições climáticas nunca é uma má ideia. Apenas lembre-se de que, embora eles possam parecer quase idênticos, sua experiência ao usá-los não será a mesma.

Veja mais sobre - Levi’s 511 vs. 512: tudo o que você precisa saber

Deus é maior do que a tatuagem de altos e baixos